Ainda sem comentários.

O PODER DO PERDÃO

TEXTO BASE:  Gn 50: 15 – 21

15 Vendo os irmãos de José que seu pai havia morrido, disseram: “E se José tiver rancor contra nós e resolver retribuir todo o mal que lhe causamos?” 16 Então mandaram um recado a José, dizendo: “Antes de morrer, teu pai nos ordenou 17 que te disséssemos o seguinte: ‘Peço-lhe que perdoe os erros e pecados de seus irmãos que o trataram com tanta maldade!’ Agora, pois, perdoa os pecados dos servos do Deus do teu pai”. Quando recebeu o recado, José chorou.

18 Depois vieram seus irmãos, prostraram-se diante dele e disseram: “Aqui estamos. Somos teus escravos!”

19 José, porém, lhes disse: “Não tenham medo. Estaria eu no lugar de Deus? 20 Vocês planejaram o mal contra mim, mas Deus o tornou em bem, para que hoje fosse preservada a vida de muitos. 21 Por isso, não tenham medo. Eu sustentarei vocês e seus filhos”. E assim os tranqüilizou e lhes falou amavelmente.

 

INTRODUÇÃO

José tinha tudo para ter uma vida amargurada.

Gn 37:4 – odiado por ser o preferido do pai

Gn 37:24 – irmãos com ódio jogam numa cisterna e depois queriam mata-lo

Gn 37:28 – vendido a uma caravana de ismaelitas

Gn 39:1 – Potifá compra José

Gn 39:6 – escravo a gerente

Gn 39: 7-20 – José é tentado e foge e sofre calunia da mulher de potifar  e é lançado na prisão

Gn 40 : 7-26 – interpreta o sonho do copeiro e disse  lembre-se de mim. Copeiro o esqueceu

Gn 41 – interpreta o sonho de faraó – instruções – promovido a governador do egito.

Gen cap 42 a 50 – os irmãos de José vão parar nas mãos de José.

José – duas opções – retribuir do mesmo jeito a seus irmãos ou perdoar seus irmãos.

Texto lido – pai morre e os irmãos pensam que agora José iria retribuir. Mas José já tinha perdoado.

José perdoou o pai – fez diferença entre os filhos daí o ódio entre os irmãos.

José pedoou os irmãos – rasgaram suas vestes, jogaram-no numa vala, venderam-no como escravos

José perdoou a mulher de Potifá e ao próprio Potifá.

José perdoou o amigo de prisão que o esqueceu.

Quando foi governador do Egito podia vingar-se de todos…mas escolheu o perdão. Por isso Deus era com ele. Por isso tinha a benção de Deus.

José foi provado no perdão durante toda a vida….e venceu.

É impossível viver bem nessa vida sem perdoar. É preciso perdoar.

É fácil perdoar? Perdoar é esquecer? Perdoar é “vc lá e eu aqui.” Perdoar e se deixar enganar de novo?

  1. O QUE É PERDOAR?
  •  Perdoar significa desculpar um erro ou uma ofensa. Na Bíblia, a palavra grega traduzida “perdão” quer dizer literalmente “abrir mão, deixar ir embora”.
  • É como se alguém abrisse mão do pagamento de uma dívida. Perdoar é rasgar a conta. Virar a página.
  • O perdão é um ato volitivo. Não é um sentimento, é uma decisão.
  • Não é esquecer –  é lembrar sem dor. Como olhar para uma cicatriz …faz parte de vc mas não dói mais.
  • Não é deixar-se enganar novamente. Saber conviver.
  • É viver sem RESSENTIMENTO –  re-sentimento, sentir dor de novo quando lembra.
  • Ressentimento leva ao ódio, mágoa profunda, amargura, ciclo de violência (vingança).
  1. QUEM INVENTOU O PERDÃO?

Foi o próprio Deus – Deus é amor e é a fonte do perdão. Deus arquitetou um plano de perdão para nós, dando o seu filho unigênito como expiador dos nossos pecados. Jesus foi o preço do perdão de Deus. Jesus é o perdão de Deus que andou nesta terra e está hoje em nós, presente em nosso meio.

José disse Não tenham medo. Estaria eu no lugar de Deus?”

Só Deus pode julgar justamente as pessoas e estabelecer seu juízo. Quando não perdoamos nos colocamos no lugar que é de Deus.

Deus é perfeito, sem falhas… nós somos imperfeitos e cheios de falhas e pecados, por isso precisamos perdoar.

Quando perdoamos reconhecemos o perdão de Deus conosco.

Espiritualmente – É obra do diabo te aprisionar, por isso não quer que você perdoe –

Não há inferno que resista ao perdão – “eu te perdoo”, “me perdoe” quebram as cadeias do diabo. O perdão liberta. Mateus 18:27 – deixar livre, ir embora.

O plano de Deus para nós é o perdão. Quem perdoa entende o que é a graça de Deus. Distribui a Graça de Deus. Graça – dádiva não merecida. O perdão deve ser dado a quem não merece, esse é o verdadeiro perdão e o sentido da graça.

É preciso amor, bondade, misericórdia para perdoar. Perdoar é semear o perdão. Pois um dia vamos precisar colher o perdão. Tiago 3:12

  1. JESUS ENSINOU A PERDOAR
  • Na oração do Pai Nosso

Jesus usou essa comparação quando ensinou seus seguidores a orar: “Perdoa-nos os nossos pecados, pois nós mesmos também perdoamos a todo aquele que está em dívida conosco.” (Lucas 11:4). Nosso perdão está condicionado ao perdão que damos ao outro.

  • Na ilustração do escravo que não quis perdoar, Jesus comparou o perdão ao cancelamento de uma dívida. — Mateus 18:23-35.

A Parábola do Servo Impiedoso

21 Então Pedro aproximou-se de Jesus e perguntou: “Senhor, quantas vezes deverei perdoar a meu irmão quando ele pecar contra mim? Até sete vezes?”

22 Jesus respondeu: “Eu lhe digo: Não até sete, mas até setenta vezes sete[a].

23 “Por isso, o Reino dos céus é como um rei que desejava acertar contas com seus servos. 24 Quando começou o acerto, foi trazido à sua presença um que lhe devia uma enorme quantidade de prata[b]25 Como não tinha condições de pagar, o senhor ordenou que ele, sua mulher, seus filhos e tudo o que ele possuía fossem vendidos para pagar a dívida.

26 “O servo prostrou-se diante dele e lhe implorou: ‘Tem paciência comigo, e eu te pagarei tudo’. 27 O senhor daquele servo teve compaixão dele, cancelou a dívida e o deixou ir.

28 “Mas quando aquele servo saiu, encontrou um de seus conservos, que lhe devia cem denários[c]. Agarrou-o e começou a sufocá-lo, dizendo: ‘Pague-me o que me deve!’

29 “Então o seu conservo caiu de joelhos e implorou-lhe: ‘Tenha paciência comigo, e eu lhe pagarei’.

30 “Mas ele não quis. Antes, saiu e mandou lançá-lo na prisão, até que pagasse a dívida. 31 Quando os outros servos, companheiros dele, viram o que havia acontecido, ficaram muito tristes e foram contar ao seu senhor tudo o que havia acontecido.

32 “Então o senhor chamou o servo e disse: ‘Servo mau, cancelei toda a sua dívida porque você me implorou. 33 Você não devia ter tido misericórdia do seu conservo como eu tive de você?’ 34 Irado, seu senhor entregou-o aos torturadores, até que pagasse tudo o que devia.

35 “Assim também lhes fará meu Pai celestial, se cada um de vocês não perdoar de coração a seu irmão”.

  • Deus não tem um relacionamento conosco até que reconciliemos nossas diferenças com o outro. (Mateus 5:24-26).

“deixe sua oferta ali, diante do altar, e vá primeiro reconciliar-se com seu irmão; depois volte e apresente sua oferta.  Entre em acordo depressa com seu adversário que pretende levá-lo ao tribunal. Faça isso enquanto ainda estiver com ele a caminho, pois, caso contrário, ele poderá entregá-lo ao juiz, e o juiz ao guarda, e você poderá ser jogado na prisão.
Eu lhe garanto que você não sairá de lá enquanto não pagar o último centavo”.

Quem não perdoa, paga.

Mateus 6:14-15 – Pois se perdoarem as ofensas uns dos outros, o Pai celestial também lhes perdoará. Mas se não perdoarem uns aos outros, o Pai celestial não lhes perdoará as ofensas”.

  1. A BÍBLIA ENSINA SOBRE O PERDÃO
  • Perdoar é pra quem tem sabedoria (não é fraqueza)

Prov. 19:11 “O entendimento do homem retém a sua ira; e sua glória é passar sobre a transgressão”

  • Vingança não é para Nós

Prov. 24:29 “Não digas: Como ele me fez a mim, assim lhe farei a ele; pagarei a cada um segundo a sua obra”.

  • Na igreja tem que haver perdão

– Colossenses 3:12-13 “Revesti-vos pois, como eleitos de Deus, santos, e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade; Suportando-vos uns aos outros, e perdoando-vos uns aos outros, se algum tiver queixa contra outro: assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também”

  • No amor é manifesto no perdão

– 1 Coríntios 13:5 – O amor não guarda rancor.
– 1 Pedro 4:8 – O amor cobre uma multidão de pecados.
– Devemos aprender a perdoar como Deus perdoa.
– Salmo 103:12 “Quanto o oriente está longe do ocidente, tanto tem ele afastado de nós as nossas transgressões”.

  • A falta de perdão nos mantém em cativeiro. Mateus 18:23-35

– Impede o perdão do Pai. – Fomos perdoados de uma dívida que nunca poderíamos pagar, qualquer dívida para nós é minúscula em comparação ao que recebemos.
– Ele foi entregue aos torturadores. V.34 – A falta de perdão abre a porta para doenças físicas e mentais e fortalezas demoníacas.
– Pode limitar ou até mesmo bloquear as bênçãos em nossa vida.
– Podemos bloquear nosso próprio perdão. Mateus 6:14-15 – Se não perdoamos, não podemos ser perdoados.
– Não andamos para frente – Provérbios 28:13 “Aquele que encobre as suas transgressões jamais prosperará, mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia”
A falta de perdão impede a prosperidade.
– Nos deixa amargos e os nossos corações endurecidos.
– Nos priva da graça de Deus – Hebreus 12:15 “Tendo cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando vos perturbe, e por ela muitos se contaminem”

  • Em toda bíblia a conciliação é sempre a resposta.

– Não podemos permitir quaisquer áreas de falta de perdão em nossa vida.
– Devemos manter nossa consciência limpa e manter-nos em comunhão com os demais.
– Não insistir na falta de perdão
– Ordena a sua alma para estar sujeita ao seu espírito.

– Decida perdoar e ORE POR SEUS AGRESSORES

Romanos 12:14-18

14 Abençoai aos que vos perseguem, abençoai, e não amaldiçoeis.
15 Alegrai-vos com os que se alegram; e chorai com os que choram;
16 Sede unânimes entre vós; não ambicioneis coisas altas, mas acomodai-vos às humildes; não sejais sábios em vós mesmos;
17 A ninguém torneis mal por mal; procurai as coisas honestas, perante todos os homens.
18 Se for possível, quanto estiver em vós, tende paz com todos os homens.

CONCLUSÃO

  1. Reconheça que perdoar traz benefícios físicos, mentais e emocionais. Abrir mão da raiva e do ressentimento pode ajudá-lo a se manter calmo, melhorar sua saúde e aumentar sua felicidade. (Provérbios 14:30; Mateus 5:9) Mais importante do que isso: o segredo para ganhar o perdão de Deus é perdoar outros. — Mateus 6:14, 15.
  2. Coloque-se no lugar de outros. Todos nós somos imperfeitos. (Tiago 3:2) Gostamos quando outros nos perdoam. Por isso, também devemos perdoar outros. — Mateus 7:12.
  3. Seja razoável. Quando tivermos de lidar com uma ofensa pequena, podemos aplicar o conselho da Bíblia: “Continuem a suportar uns aos outros.” — Colossenses 3:13.
  4. Não demore. Faça esforço para perdoar o mais rápido possível, em vez de permitir que a raiva tome conta de você. — Efésios 4:26, 27“Quando vocês ficarem irados, não pequem”. Apazigüem a sua ira antes que o sol se ponha, e não deem lugar ao diabo.
  5. José entendeu que tudo que sofreu foi permitido para que Deus realizasse um propósito maior. O que ele tinha que fazer era PERDOAR.

Postar um comentário